Destino dos resíduos e respectivos poluentes

A actividade industrial e da agricultura têm tido um maior nível de contaminação quer nas zonas urbanas, bem como nas rurais, com a repercussão nas cadeias alimentares, isto é, os níveis de bioacumulação e bioampliação, ou seja, vai aumentar a toxicidade de nível trófico para nível trófico acabando atingir uma dose letal para os seres vivos em questão. Assim, vai afectar os seres vivos num efeito crónico, nos diversos ecossistemas (provocando desequilíbrios) e nos recursos naturais (por exemplo a água).

Todos estes resíduos, principalmente os urbanos, têm como destino:

  • As lixeiras, já mencionado acima, e além de provocar aquilo, também vai destruir a vegetação, contribui para a poluição do ar com o mau cheiro e com a fumaça produzida pela incineração, chegando a contaminar os lençóis de água subterrâneos com a infiltração de lixo tóxico e produzindo dioxinas.
  • Os aterros sanitários, no qual os resíduos são depositados sem qualquer tipo de tratamento e de reciclagem. Alguns aterros sanitários mais modernos, e que são bem controlados pelas entidades, conseguem fazer a produção de biogás.
  • A incineração, que é feita em fornos especiais, este processo envolve a utilização de filtros e redutores de emissão de gases tóxicos, entre os quais monóxido de carbono, dióxido de carbono e dióxido de enxofre. No entanto, este pode trazer prejuízo para a natureza, porque se a combustão é incompleta pode aparecer monóxido de carbono e partículas que acabam sendo lançadas na atmosfera como fuligem ou negro fumo. Muitas substâncias são altamente tóxicas, poluindo rios, trazendo mau cheiro e a poluição visual.
  • Compostagem
  • Reciclagem

Outros poluentes que tão ligados à poluição do solo:

  • As chuvas ácidas provenientes da poluição podem acidificar o solo, danificar raízes aéreas e assim diminuir a quantidade de nutrientes transportada. A chuva ácida pode carregar minerais importantes do solo, como fazer o solo guardar minerais de efeito tóxico, acabando por provocar um desequilíbrio nos ecossistemas e provocando doenças nos seres humanos.
  • Esgotos ao não serem tratados vão poluir a água e o solo
  • O acúmulo de matéria orgânica no solo é muito influenciado pela temperatura e pela disponibilidade de oxigénio. Devido a que a taxa de biodegradabilidade diminui com a diminuição da temperatura, a matéria orgânica não se degrada rapidamente em climas frios e tende a se acumular no solo (sinergismo). Na água e em solos saturados, a vegetação em decomposição não tem acesso fácil ao oxigénio e a matéria orgânica se acumula.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: