Tratamento de resíduos: Incineração

Obelisco de Ipanema

No artigo anterior foram apresentadas algumas soluções a nível pessoal, ou seja, o que cada um pode fazer. Neste vamos esclarecer a Incineração, a principal técnica disponível e mais usada actualmente para eliminar os tais lixos perigosos referidos anteriormente, nomeadamente os hospitalares e industriais.

É do senso comum que esse tipo de lixos, quando não tratados, são depositados em diversos locais que, de uma forma ou de outra, acabarão por contaminar os solos. Contudo, a incineração visa resolver este problema com a queima desses lixos em usinas próprias. Assim vai reduzir muito a quantidade de resíduos existente no planeta Terra.

Um dos pontos positivos desta queima é que após a incineração, os produtos resultantes da mesma são usados (se não forem para o aterro sanitário) para a reciclagem de materiais, tais como borracha e cerâmica. Por exemplo, o monumento que ilustra este artigo (o Obelisco de Ipanema) foi contruido através dos produtos da incineração de entulho de concreto.

Devido aos gases tóxicos que são libertados pelas usinas, é necessária a instalação de filtros para não provocar a poluição atmosférica. Além dos produtos finais que nós dissemos acima, é importante referir que a incineração também é usada para a produção de energia térmica, posteriormente usada em electricidade e vapor), mas provoca alguma poluição hidríca através das águas residuais libertadas.

Incineração realizada nas usinas

Por fim, temos a libertação de CO2. Esse é, sem dúvida, um dos problemas mais inquietantes para a poluição, pois provoca o efeito de estufa. Apesar dos lavadores de gases e outros processos de modo a conter a quantidade de CO2 libertada para a atmosfera, a verdade é que a eficiência nunca é de 100%. Aí está um exemplo de que às vezes para conseguirmos fazer algo, outra tem de sair prejudicada. Resta saber qual a mais importante…

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: